Concurso Policia Federal: Inscrições abertas para 600 vagas

Para quem estava esperando o concurso da Polícia Federal para tentar a sorte foi publicado edital disponibilizando 600 vagas a vigorar a partir do dia 18/06.O orgão publicou três editais com ass seguintes vagas: 350 vagas para escrivão, 150 vagas para delegado e 100 vagas para perito criminal.

Para prestar o concurso e seguir carreira de escrivão e perito criminal o candidato tem que ter formação a nível superior completo em qualquer área, enquanto a de delegado exige formação superior em direito.

Os salários oferecidos pela instituição correspondem a R$ 13.368,68 para delegado e perito e a R$ 7.514,33 para escrivão. Todos os contratados cumprirão jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

COMO SE INSCREVER NO CONCURSO
Os interessados devem se inscrever até 9 de julho através dos endereços eletrônicos: www.cespe.unb.br/concursos/dpf_12_delegado - (delegado),
www.cespe.unb.br/concursos/dpf_12_escrivao  - (escrivão) 
www.cespe.unb.br/concursos/dpf_12_perito -  (perito).

PROCESSO SELETIVO
O processo seletivo terá provas objetiva e discursiva, exame de aptidão física, exame médico, avaliação psicológica, análise de títulos (delegado e perito), prova prática de digitação (escrivão) e prova oral (delegado). 
As fases ocorrerão em todas as capitais do país e no Distrito Federal – com exceção do teste oral para delegado, que acontecerá apenas na capital federal.
As avaliações objetivas para delegado, com duração de quatro horas, estão marcadas para 19 de agosto, na parte da manhã. As discursivas serão aplicadas no mesmo dia, mas no período da tarde – e terão a mesma duração.
Para perito e escrivão, os dois exames também estão previstos para o dia 19, na parte da manhã, com duração de cinco horas.
Os locais e os horários dos testes serão divulgados no Diário Oficial da União e no site do organizador a partir de 9 de agosto.

Atribuições
Escrivão – dar cumprimento às formalidades processuais; lavrar termos, autos emandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; acompanhar a autoridade policial,sempre que determinado, em diligências policiais, dirigir veículos policiais; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.
Delegado – instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação; orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança e investigações; supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.
Perito criminal – realizar exames periciais em locais de infração penal; realizar exame sem instrumentos utilizados, ou presumivelmente utilizados, na prática de infrações penais; proceder pesquisas de interesse do serviço; coletar dados e informações necessários à complementação dos exames periciais; participar da execução das medidas de segurança orgânica e zelar pelo cumprimento das mesmas; desempenhar outras atividades que visem apoiar técnica e administrativamente as metas da instituição policial, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.



0 comentários:

Postar um comentário